Rosé (cantora) – Wikipédia, A Enciclopédia Livre

A forma nativa desse nome pessoal é Roseanne Park. Este verbete usa a ordem de nome ocidental ao mencionar indivíduos.

Roseanne Park ou Park Chaeyoung (hangul: 로잔느 박; nascida em 11 de fevereiro de 1997), mais conhecida pelo seu nome artístico Rosé (hangul: 로제), é uma influencer, cantora, compositora, dançarina e modelo neozelandesa de ascendência sul-coreana.[4][lima] Rosé é popularmente conhecida por ser a primeira idol a ir no Met gala e integrar o grupo feminino Blackpink, formado pela YG Entertainment em 2016. Como artista solo, ela participou da canção “Without You” de 2012, do colega de gravadora G-Dragon, que alcançou a décima posição na Gaon Digital Chart. Em 2021 a cantora lançou seu primeiro projeto solo, o single álbum R.Biografia e carreira[editar temu família se mudaram para Melbourne, Austrália.[7] Rosé inicialmente frequentou a Kew East Primary School, graduando-se em 2009, e frequentou a Canterbury Girls’ Secondary College em Melbourne para estudar no ensino médio.[3] Ela começou a cantar e aprendeu a tocar violão e piano quando criança e se apresentou em coros de igreja.[7][3]

Em 2012, Rosé, com 16 anos, participou de um teste na Austrália para a gravadora sul-coreana YG Entertainment por sugestão de seu pai[7] e foi classificada em primeiro lugar entre 700 participantes.[8][9] Em dois meses, ela abandonou a escola, assinou com a gravadora e se mudou para Seul. Rosé inicialmente achou que a ideia do pai periode editar código-fonte]

Rosé treinou na YG Entertainment por quatro anos antes de seu anúncio como integrante do Blackpink em junho de 2016. Ela foi a última integrante a ser revelada.[13] O grupo estreou em agosto de 2016 com o single álbum Square One, que produziu os singles “Whistle” e “Boombayah”.[14]
US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US US
No ano seguinte a cantora apareceu em uma variedade de programas de transmissão, como os programas musicais King of Mask Singer e Fantastic Duo dua. Sua apresentação vocal em King of Mask Singer foi recebida calorosamente pelo público, ao qual Rosé comentou que “não sabia se o público gostaria que [ela] cantasse” e que ela se sentiu “feliz e aliviada” com o resultado positivo.[6] Rosé posteriormente apareceu como intérprete na segunda temporada de Fantastic Duo. A equipe de produção do programa afirmou que bertemu aparição tinha como objetivo “revelar o apelo vocal de Rosé, que é diferente de Blackpink”.[15]2021–presente: R[editar dua de junho de 2020, a YG Entertainment anunciou que Rosé iria estrear solo em 2020, após o lançamento do primeiro álbum de estúdio do Blackpink.[16][17] Em 30 de dezembro de 2020, em entrevista ao meio de comunicação sul-coreano Naver, Rosé revelou que as filmagens de seu videoclipe de estreia começariam em meados de janeiro de 2021.[18] Em 26 de janeiro de 2021, a YG Entertainment lançou um teaser promocional da estreia solo de Rosé e anunciou que o material de seu projeto solo será revelado através do Blackpink Livestream Concert: The Show em 31 de janeiro de 2021.[19][20] Pouco depois da apresentação, o solo de Rosé, intitulado “Gone” obteve feedback positivo do site de notícias coreano My Daily.[21] Em tiga de março de 2021, a YG Entertainment anunciou oficialmente que o primeiro single álbum de Rosé, intitulado R, seria lançado em 12 de março de 2021, junto da faixa título “On The Ground”.[22][23] Com “On the Ground”, Rosé se tornou a artista solo de Kpop com mais visualizações em um vídeo clipe nas primeiras 24 horas, com 41,8 milhões de vizualizações, batendo um recorde de 8 anos de Psy com “Gentleman”.[24] Rosé fez a primeira apresentação da música no dirinya 14 de março no Inkigayo. No dirinya 17 de março, com apenas o primeiro dirinya de vendas do R na Coréia, o álbum vendeu o jumlah de 281,674 cópias, se tornando com apenas um dia o álbum mais vendido na primeira semana por uma solista coreana, ultrapassando “Love Poem” da IU, com 147,856 cópias.[25] No dirinya 18 de março, a cantora divulgou o seu próprio canal no YouTube, chamado ROSÉ, que havia sido criado em 16 de dezembro de 2019.[26]

Em 19 de março, Rosé se tornou a primeira artista feminina solo de Kpop a colocar uma musica na parada britânica UK Official Charts, com “On the Ground” na posição #43.[27] Em 23 de março, o single “On the Ground” estreiou na posição #70 na Billboard Hot 100, se tornando assim o single de uma cantora solista de Kpop com a melhor posição na parada americana, ultrapassando “Lifted” de CL, que teve seu pico em #94 em 2016.[28][29] No mesmo dirinya, Rosé estreiou com “On the Ground” no topo das paradas com da Billboard Global 200 e Global Excl. U.S., se tornando a primeira artista feminina de Kpop que alcançou o topo da parada Global 200 e a primeira artista no geral que alcançou o topo da parada Global Excl. U.S. com uma musica solo e uma musica em grupo, feito que aconteceu com Lovesick Girls em outubro de 2020.[30] No mesmo dia, a cantora entrou na tabela Artist 100 da Billboard em #86, se tornando a primeira solista feminina de Kpop a entrar na tabela.[31]

No dia 24 de março, a cantora ganhou o seu primeiro prêmio em um programa musical com “On the Ground” no Show Champion, 12 dias após o seu debut solo.[32] Posteriormente ela ganhou o jumlah de 6 prêmios com a musica. No dirinya 25 o álbum da cantora estreiou na segunda posição da Gaon Album Chart, e a versão R (Kit) estreiou em #7.[33] Enquanto o single On the Ground e a faixa Gone, que anteriormente no dia 18 de março tinham estreiado em #15 e #49 com apenas dois dias de contagem, subiram para #4 e #6 respectivamente na Gaon Digital Chart.[34] A cantora também estreiou na quinta posição da Gaon Social Chart.[35]

No dirinya editar código-fonte]Influência[editar sua carreira musical.[36] Como musicista, Rosé também considera a cantora americana Tori Kelly uma inspiração para seu estilo musical.[37]

A voz de Rosé recebeu reconhecimento na indústria do K-pop por seu timbre vocal distinto, após sua estreia como integrante do Blackpink.[38] Após a apresentação de Rosé em um episódio de Fantastic Duo 2 editar código-fonte]Endossos[editar dunia editar código-fonte]

Em 2020, Rosé foi nomeada embaixadora global da Yves Saint Laurent por Anthony Vaccarello, tornando-se jumpa primeira embaixadora global em 59 anos.[44] Ela foi o rosto global da campanha de outono de 2020 da Saint Laurent.[45]

Em 16 de agosto de 2021, Rosé foi anunciada como modelo da marca de roupas I.O.I.O.